Top
SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA – Blog do Coronel Roberto
fade
3476
post-template-default,single,single-post,postid-3476,single-format-standard,eltd-core-1.1.2,flow-ver-1.4,,eltd-smooth-page-transitions,ajax,eltd-blog-installed,page-template-blog-standard,eltd-header-type2,eltd-sticky-header-on-scroll-up,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-dropdown-default,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

Ao assumir o governo, João Walter (1971-75) deparou-se com a recém-criada Secretaria de Segurança, que substituía a provinciana Chefatura de Polícia, instalada em “casarão” centenário na rua Marechal Deodoro, quase esquina da avenida Sete. Nele funcionava, além da chefia, várias delegacias ditas especializadas, pois outras de atendimento geral funcionavam em bairros mais populosos.
A primeira grande separação dessa estrutura ocorreu com a transferência da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (DCCPa), antes nominada de Delegacia Especializada de Roubos e Furtos.
O compartilhamento desta reportagem foi feito do Jornal do Commercio (8 novembro 1972), lembrando que desde julho daquele ano já funcionava a Rádio Patrulha, em seus prosaicos Fuscas. Relembro que esvaziado o “Casarão da Marechal”, como também era alcunhado, foi leiloado e adquirido pelo Banco do Brasil, onde instalou sua sede regional, cuja entrada encontra-se na rua Guilherme Moreira.
 Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio está na Cachoeirinha

A Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio, desde segunda-feira última, passou a funcionar na antiga Delegacia da Cachoeirinha, por determinação da chefia geral da SESEP [a sigla da Secretaria de Segurança está troncha, deveria ser como restou conhecida, SESEG] que visou a dar maiores possibilidades de atendimentos aos queixosos, assim como também aos presos que terão um xadrez devidamente adaptável, dentro das condições higiênicas e mais humanas no cumprimento da pena.
No prédio foram feitas reformas gerais, incluindo a construção de mais salas, tais como alojamentos para os policiais de permanência, novos sanitários e uma sala isolada para o Delegado de plantão.Toda sua instalação elétrica foi substituída, além de receber nova pintura interna e externa.
ACOMODADOS
Moradores daquele bairro ao serem abordados pela reportagem, disseram que foi boa a iniciativa da SESEP. “Pelo menos, nos sentimos mais seguros contra os assaltos que, ultimamente, vinham ocorrendo neste bairro e outros lugares aqui por perto, pois, sabemos que a DCCPa estará rondando toda a área suburbana da cidade.”
NO CENTRO
Algumas pessoas acharam que ficará muito contramão, se for apanhado um ladrão no centro da cidade por algum popular. Este terá que depender de condução para ser entregue à Polícia ao menos que se opte dar-lhe muita pancada e depois soltá-lo.
A PRÓXIMA
A próxima Delegacia a ser transferida do “casarão” da Marechal Deodoro, será a de Crimes Contra a Pessoa, que passará a funcionar na Subdelegacia de Adrianópolis, na primeira quinzena de dezembro, enquanto se processa a total restauração do prédio daquela subdelegacia.
E, assim, quebra-se a tradição de cem anos, onde o velho “casarão” começou a criar suas Delegacias e agora se separará de uma por uma até que o prédio fique totalmente vazio.

Roberto Mendonça
Roberto Mendonça
Follow us on Instagram